São Carlos, sede dos Jogos Abertos, conquista 5 medalhas no Karatê, 2 delas de ouro

Gabrielle Sepe, dona de 3 medalhas, foi um dos destaques no individual e por equipes no Karatê

 

 

Bebedouro, Guarujá e Jales conquistaram, respectivamente, ouro, prata e bronze na classificação geral de pontos no Karatê masculino, modalidade disputada no Ginásio do Country Clube, em São Carlos, nesta terça (20) e quarta-feira (21). Bebedouro somou 59, Guarujá 49 e Jales 48. Já no feminino, Araraquara, Jundiaí e Mirassol ocuparam, pela ordem, o primeiro, segundo e terceiro lugares no pódio na pontuação geral, com 37, 31 e 28 pontos.

FEMININO – No Kata (apresentação de combinações de movimentos de ataque e defesa previamente estabelecidas) individual livre feminino (2ª Divisão), Jundiaí, Araraquara e Caraguatatuba ficaram na primeira, segunda e terceira posições. No individual  Kumite (luta) Livre feminino (2ª Divisão / até 53 kg), Cerquilho, Dracena e Jundiaí subiram ao pódio nessa ordem. Na mesma categoria (de 53 a 60 kg), foi a vez de São Carlos, Araraquara e Tietê. A karateca de São Carlos, Gabrielle Sepe (imagem acima), colocou a cidade-sede dos Jogos Abertos no lugar mais alto do pódio. Ela também conquistou uma medalha de bronze no individual Livre feminino (2ª Divisão) absoluto, atrás das atletas de Hortolândia (com prata) e Cerquilho (com ouro). Na (2ª Divisão) Kumite individual (acima de 60 kg) a ordem do pódio foi Araraquara, Hortolândia e Mirassol.

No Kata por equipe Livre feminino (2ª Divisão) deu Mirassol, Santa Bárbara D’Oeste e Araçatuba. Já no Kumite por equipe Livre feminino (2ª Divisão), São Carlos, mais uma vez levou ouro com a Gabrielle Sepe, Rafaela Nicolete e Yasmin Nunes.

MASCULINO – No Kata individual masculino 2ª Divisão, a ordem das medalhas foi Bebedouro, São Roque e Jundiaí. No Kumite individual Livre masculino (2ª Divisão) absoluto, Agudos, Guarujá e Ribeirão Preto formaram o pódio. Na mesma categoria (até 60 kg), Itupeva, Guarujá e Indaiatuba foi a sequência. De 60 a 65 kg, Bebedouro, Votuporanga e Guarujá. De 65 a 70 kg, Jales, Jundiaí e Boa Esperança do Sul. De 70 a 75 kg, Amparo, Guarujá e Santana de Parnaíba. De 75 a 80 kg, Jales, Indaiatuba e Ribeirão Preto. E acima de 80 kg, Bebedouro, Itupeva e Agudos.

No Kata por equipe Livre masculino (2ª Divisão), Bebedouro, Amparo e Santana de Parnaíba foram ouro, prata e bronze respectivamente. E no Kumite equipe Livre masculino (2ª Divisão), a ordem foi Jales, Bebedouro e Guarujá.

Gabrielle Sepe, karateca da seleção brasileira e campeã paulista, um ouro e um bronze individual, além de outro ouro por equipe nesses Jogos Abertos, disse que esse resultado estava planejado: “A gente treinou para isso, para ser campeã. E é muito gostosa essa conquista na casa da gente. É um incentivo enorme para continuar pontuando. Estou muito feliz”.

Carlos Reinaldo de Matos, técnico das equipes masculina e feminina de Karatê de São Carlos, também é atleta e conquistou bronze nas disputas de terça-feira (1ª Divisão), na categoria até 70 kg. Ele avaliou que a participação da cidade foi muito boa: “Pelo nível técnico do Karatê apresentado nesses Jogos Abertos, sairmos daqui com 5 medalhas [ontem, São Carlos, também obteve uma de prata na 1ª Divisão masculino até 80 kg com Diego Lunardeli] é um desempenho fantástico. Todos nós, como pessoas e como equipe, estamos muito orgulhosos desse feito. Valeu!”.

Mais imagens das disputas do Karatê nos Jogos Abertos de São Carlos podem ser vistas nas galerias da terça (20) e desta quarta-feira (21).

 

ÁUDIOS (rádios)

 

Carlos Reinaldo de Matos, atleta/técnico das equipes masculina e feminina de Karatê de São Carlos

 

Gabrielle Sepe, karateca e medalhista (2 ouros e 1 bronze) da equipe feminina de São Carlos

 

 

 

 

Here are some time-tested tips and tools to help you better search for https://proessaywriting.org/ and access educational web tools and apps.

Fotos